Informativo

União Europeia: Tendências da produção, importação, exportação e consumo de carnes até 2030

13/10/21

Apontando as tendências europeias (27 países) na produção, importação, exportação e consumo de carnes até 2030, a Associação Europeia de Avicultura (identificada, mundialmente, pela sigla, em francês, AVEC), projeta que ao final da corrente década (2030) apenas as importações apresentarão evolução positiva, solicitando do bloco a aquisição de um volume de carnes quase 20% superior ao registrado em 2020. Ou seja: a produção tende a cair mais de 2%, as exportações em quase 1% e o consumo interno em perto de 1,5%.

Detalhando a possível evolução do consumo per capita de carnes pelos europeus, a AVEC sugere que, no total, ele deve regredir pouco mais de meio por cento em relação a 2020. Mas a queda se reflete de formas diferentes sobre as quatro principais carnes disponibilizadas no continente: a bovina e a ovina tendem à estabilidade, enquanto a suína, principal carne consumida pelos europeus, tende a uma redução pouco superior a 3%. Assim, o único aumento de consumo previsto recai sobre as carnes avícolas, em 2030 pelo menos 4% superior ao registrado no ano passado.

Fonte: AviSite via Portal do Agronegócio

Área do Associado

Cadastre seu e-mail

Receba nosso boletim informativo diretamente no seu e-mail.