Informativo

05 dicas para uma nutrição adequada das aves

20/04/20

Saber atuar com excelência neste cenário é um enorme desafio, uma vez que há uma grande oferta de soluções, o que pode atrapalhar o momento de decisão de compra e de aplicação dos recursos nas empresas produtoras.

De acordo com Raquel Andrade, Gerente de Negócios de Avicultura da WISIUM, dentro deste cenário, a otimização dos recursos é muito importante. "Ela contribui para se atingir altos níveis de produtividade em um negócio de margens muito ajustadas como a produção de proteína animal", destaca.

Para ajudar você na importante tarefa de desenvolver uma nutrição adequada para as aves, a gerente da WISIUM compartilha a seguir cinco dicas importantes. Confira:

 

Dica 01: objetivos de produção

Todo o processo começa com uma definição precisa dos objetivos de produção. Foque no mercado e questione-se: "qual produto terá maior demanda?". No caso de frangos de corte, por exemplo, poderá ser carcaça inteira, cortes ou filé. Lembre-se: o produto-final determina o peso do animal e, consequentemente, a idade que deverá ser abatido.

 

Dica 02: programa nutricional

Após definir os objetivos de produção, inicia-se o desenvolvimento do programa nutricional mais adequado. Ele precisa atender as exigências nutricionais das aves e contribuir diretamente para que os objetivos de desempenho sejam atingidos.

 

Dica 03: aditivos e novos ingredientes

Dentro deste processo, é importante ter um entendimento claro sobre aditivos e novos ingredientes ou nutrientes que sustentem este programa nutricional e que vêm sendo cada vez mais estudados para a melhoria contínua da eficiência alimentar das aves.

 

Dica 04: nutrição adequada

A nutrição adequada das aves não só garante a saúde dos animais, mas também que as mesmas atinjam todo o potencial produtivo, com a maior eficiência possível. Essa eficiência é ponto-chave para atendermos a demanda de alimentos da população mundial, que é crescente, respeitando o uso de recursos e poupando o meio ambiente.

 

Dica 05: outros fatores

Não esqueça de sempre se atentar a outros fatores, como clima, condições ambientais das granjas, disponibilidade e custo de matérias-primas para a produção das rações. Estes pontos são fundamentais.

Além disso, também é importante verificar aspectos regulatórios da produção como uso de aditivos específicos ou até mesmo o banimento de produtos comumente utilizados até pouco tempo atrás.

Fatores relacionados a tendências de mercado e demandas por produtos diferenciados, processados, e/ou enriquecidos, também são essenciais para o crescimento e para a rentabilidade das companhias produtoras de alimentos.

Fonte: Site - Portal do Agronegócio

Área do Associado

Cadastre seu e-mail

Receba nosso boletim informativo diretamente no seu e-mail.