Informativo

Programa da Ana Maria Braga ressalta: propriedades nutricionais são as mesmas de qualquer tipo de ovo

09/07/19

Tema também vem sendo esclarecido pelo Instituto Ovos Brasil através da divulgação de textos e ações com o consumidor final

Mais uma vez os tipos de ovos e a forma ideal de armazenamento foram tema de reportagem na TV aberta. Dessa vez, Ana Maria Braga, que costuma dar grande espaço aos ovos e à sua versatilidade em seu programa de receitas e entretenimento, dedicou grande espaço ao tema que ainda provoca dúvidas entre muitas pessoas.

Para deixar clara esta questão, o Instituto Ovos Brasil tem cumprido o seu trabalhado de esclarecimento de mitos e divulgação dos benefícios dos ovos através de diversos textos que são distribuídos para portais, jornais e programas de TV e rádio e também em ações diretamente com o consumidor final, como em restaurantes, escolas, universidades e supermercados.

Afinal, com tanta opção de ovos disponíveis para compras nos mercados, quem é que não fica em dúvida sobre qual pode ser a diferença nutricional entre cada um deles?

E o principal assunto que esteve em pauta no programa Mais Você, que apenas na grande São Paulo atinge 2,2 milhões de pessoas, foi exatamente as características dos diferentes tipos de ovos. Ana Maria mostrou conhecimento e deixou claro que, independente do sistema de criação ou da cor dos ovos, os nutrientes são os mesmos. “A cor da casca do ovo está relacionada apenas à raça da galinha. Ao contrário do que muitos pensam, não existem diferenças nutricionais entre ovo branco e vermelho”, afirma ela.

Sobre o ovo caipira, a apresentadora explicou que as aves só podem comer ração vegetal e as galinhas devem ter uma área de pelo menos três metros quadrados para o pasto.

Já sobre o ovo orgânico, o programa deixou claro que ele segue a legislação de produção específica para produtos orgânicos, que tem fiscalização diferenciada. Também são aves que obrigatoriamente, tem área de pastejo. Para receber a certificação de produção orgânica, existe um rol de exigências a ser seguido, mas que também em nada interfere na composição geral do ovo.

A apresentadora foi além e ressaltou que, após a compra do ovo, o consumidor deve transportá-lo até sua residência ou local de consumo, e acondicioná-lo imediatamente sob refrigeração. Além disso, ela lembrou que o ideal é lavar os ovos apenas antes de seu uso.

De toda forma, vale esclarecer de novo: nenhuma galinha recebe hormônios, seja para a produção de ovo orgânico, caipira ou de granja e independente do sistema de criação, as propriedades nutricionais são as mesmas de qualquer ovo.

Acesse a íntegra do programa em: https://globoplay.globo.com/v/7546748/

Fonte: IOB - Instituto Ovos Brasil

Área do Associado

Cadastre seu e-mail

Receba nosso boletim informativo diretamente no seu e-mail.